«No início foi um pouco complicado, tentámos impor o nosso ritmo mas não foi fácil. Eles entraram a correr muito, mas depois corremos atrás e conseguimos fazer os golos. Já me acostumei ao contacto físico, porque em Portugal também é assim», explicou Ramires, que sofreu três faltas consecutivas e duras.

Falando ao site da Confederação Brasileira de Futebol, o médio do Benfica admitiu a sua ansiedade pela convocatória de Dunga para o Campeonato do Mundo de 2010. «Estou ansioso pela lista final. Agora vou voltar para Lisboa, trabalhar para ajudar o Benfica e esperar pela lista. Se Deus quiser, estarei lá», rematou.