A equipa de Cristiano Ronaldo e companhia não foi além de um empate no Santiago Bernabéu (1-1), depois de ter perdido em Lyon (1-2) na primeira mão dos oitavos-de-final. «Respeitamos Pellegrini porque acreditamos no seu trabalho. Ele tem contrato para a próxima época e a perspectiva é que continue a ser o nosso treinador. A temporada ainda não acabou e ainda há objectivos para lutar», destacou Jorge Valdano.

Pellegrini é o nono treinador do Real Madrid desde que Vicente del Bosque deixou o clube em 2003. Não é a primeira vez que a posição de Pellegrini é posta em causa. O antigo treinador do Villarreal já tinha sido alvo de forte contestação quando o Real Madrid foi afastado da Taça de Espanha pelo modesto Alcorcón.

«Este projecto (sob a presidência de Fiorentino Pérez) acabou de começar e esta foi apenas uma noite triste porque tínhamos muitas ambições para esta competição. Precisamos de estar mais unidos do que nunca, para encorajar os jogadores e mostrar a nossa personalidade, ultrapassar esta situação e enfrentar as críticas que aí vêm», destacou ainda o director desportivo.

O afastamento do Real Madrid da Liga dos Campeões é ainda mais doloroso para o clube uma vez que, este ano, a final está marcada para o Santiago Bernabéu.