A derrota caseira (2-1) frente à Eslováquia no passado dia 1 de Abril, seguida do alegado envolvimento dos atletas com um grupo de prostitutas nessa mesma noite (foram fotografados num restaurante por um tablóide), foi a gota de água para a federação.

Além do defesa dos colchoneros e do avançado do Galatasaray, que se notabilizou ao serviço do Liverpool, foram expulsos da selecção Martin Fenin (E. Frankfurt), Vaclav Sverkos (Sochaux), Radoslav Kovac (West Ham, por empréstimo do Spartak Moscovo) e Marek Matejovsky (Reading).

Petr Rada, que rendeu Karel Brueckner no comando técnico, deixa a República Checa no quarto lugar do grupo 3, com apenas oito pontos em seis jogos, atrás da Irlanda do Norte (13 pontos/7 jogos), Eslováquia (12/5) e Polónia (10/6).