O português foi cinco vezes campeão nacional de boxe, pelo Boavista, e desde cedo se educou a ganhar. Diz que não consegue estar na vida sem objectivos. Recentemente dedicou-se à área da psicologia e trabalha na programação motivacional para a vitória. Colabora com equipas de futebol, atletas olímpicos e treinadores.

Na semana passada ajudou a Bolívia a cometer a proeza de golear a Argentina. Sempre que a Bolívia se concentra, Ricardo Silva atravessa o Atlântico para se juntar à equipa nacional. Diz que a selecção boliviana é um grupo com pouca auto-estima e com grande margem de progresso. O trabalho realizado tem sido elogiado pelos responsáveis.

Nesta conversa com o Maisfutebol, Ricardo Silva apresenta-se, fala da gestão de comportamental na orientação para a vitória e do desejo de no futuro juntar a acção motivacional com a preparação física. Pelo caminho comenta a vitória sobre a Argentina e garante que não se pode privar a Bolívia de jogar em altitude.