«Sempre foi o nosso principal objectivo e será um justo prémio para o que a equipa tem feito», defendeu Carlos Brito, nesta sexta-feira, na antevisão do jogo. «Muito dificilmente podemos ambicionar mais do que uma posição no meio da tabela. Até ao final, temos de dar o melhor para sermos desejados no Rio Ave para a próxima época», disse ainda.

Mas apesar da ambição dos vila-condenses em decidir a continuidade já neste fim-de-semana, o treinador lembrou que o Olhanense «é um adversário directo, que joga bem e tem uma equipa semelhante ao Rio Ave», pelo que «não há superioridade».

Recorde-se que para este jogo, Carlos Brito não poderá contar com os lesionados Bruno Mendes, Magno, Felipe Alberto, nem com os castigados Zé Gomes e Sílvio, o que obrigará a alterações na defesa.