Pedro Martins mostrou-se insatisfeito com a derrota do Rio Ave frente ao Benfica (0-1). O treinador da formação de Vila do Conde disse, na conferência de imprensa após o encontro, que a sua equipa merecia mais e falou já nos próximos jogos, não esquecendo o objetivo europeu:

«Pela nossa entrega, dedicação e como abordámos o jogo podíamos sair pelo menos com um ponto, que era importante para as nossas aspirações. Não conseguimos. Mas para a semana temos mais um jogo. Já tivemos outras situações adversas e respondemos, é o que a minha equipa vai fazer no sábado.»

«Foi um jogo intenso, nem sempre bem jogado. Disputado de forma intensa, competitiva. Um jogo do campeonato. Na primeira parte não houve oportunidades de golo para ninguém, foi muito fechado. Estivemos muito bem taticamente e a jogar na pressão alta, não baixámos o bloco. Fomos inteligentes. Na segunda parte O Benfica entrou melhor e acabou por ser feliz no golo. Houve infelicidade do nosso jogador, mas não há nada a apontar à entrega e dedicação da minha equipa. É o futebol.»

«Terça-feira já estaremos cá para levantar a cabeça. No próximo jogo o meu grupo estará forte e determinado, a querer vencer em Tondela. Tenho a certeza de que com este grupo vamos conseguir chegar ao nosso objetivo. Este grupo tem feito de tudo para que o Rio Ave cresça e tem-no feito de forma fantástica.»

«Custa perder o jogo. Tudo que seja títulos ou recordes não faz sentido. Não conseguimos conquistar pontos só isso. Não fico obcecado por recordes. Quero é que este grupo de trabalho cresça e consiga o objetivo para o qual temos trabalhado.»

«Os jogos são todos equilibrados e vão ser todos disputadíssimos. Vai haver jogos muitos competitivos e equilibrados, nós temos de fazer o nosso trabalhar para chegar ao nosso objetivo, que passa por chegar ao quinto lugar, mas sabemos que os seis primeiros dão acesso às competições europeias.»