com cada golo marcado emagrece um quilo

Dez jogos, oito golos. As contas do avançado ao serviço do Corinthians são esclarecedoras sobre o seu regresso. Nem a lesão, nem os quilos a mais diluíram as qualidades do homem que está a encantar (de novo) o Brasil. Depois do primeiro golo que apontou, em Março, contra o Palmeiras, Ronaldo foi o primeiro a colocar água na fervura sobre uma possível chamada à selecção, como recorda o «Globoesporte.com». Mas sete golos depois, a questão parece incontornável. Ainda assim, o «Fenómeno» tentou lidar com cautela este tema.

«Quem tem que avaliar se eu tenho condições é o Dunga. Eu estou fazendo o meu melhor no Corinthians, como disse desde o início. Se for suficiente para ser chamado e se for merecedor, lógico que eu ficarei grato de voltar à selecção», disse.

Num inquérito no «Globoesporte.com» as respostas à pergunta se «Ronaldo merece voltar para a selecção» pendem esmagadoramente para um lado: 82 por cento dos 150 mil internautas que responderam dizem que sim, contra a resposta negativa de apenas 18 por cento.

Se estes dados são indicativos da popularidade de Ronaldo, há vozes menos anónimas que expressam admiração pela recuperação do avançado, entre elas a de Pelé e a de Romário. «A cada dia que passa Ronaldo prova que está a levar muito a sério o seu regresso ao futebol», disse aquele que é considerado por muitos o melhor jogador de futebol de sempre.

Romário foi um pouco mais longe, defendendo que a boa forma de Ronaldo deverá obrigar Dunga a pensar nele. «Se continuar a marcar golos, Ronaldo inevitavelmente tem que ter uma oportunidade na selecção brasileira. Será merecida». Ronaldo não é convocado para representar a selecção brasileira desde o Campeonato do Mundo de 2006.

Interesse do Palermo

Depois da passagem pelo Inter de Milão e pelo Milan, Ronaldo volta a suscitar interesse em Itália, desta vez junto do Palermo. O seu director desportivo, Walter Sabatini, disse que gostaria de contar com o «Fenómeno».

«Seria realizar um sonho contar com Ronaldo na próxima temporada», disse, citado pelo «Globoesporte.com». «Ele poderia até mesmo estar uns sete quilinhos acima do peso», acrescentou.