Ronaldo apontou, na Irlanda do Norte, o primeiro «hat trick» ao serviço da equipa das quinas, e destronou Eusébio como segundo melhor marcador da história da Seleção (chegou aos 43 golos).

Dinis Aveiro, pai de Cristiano Ronaldo, faleceu a 6 de setembro de 2005, em Londres. O jogador alinhou pela Seleção Nacional dois dias depois, na Rússia.