No comunicado, a SAD leonina garante mais nada ter a pagar a Duque e Freitas, que foram dirigentes no mandato de Luís Godinho Lopes.

«Relativamente à informação publicada no último Relatório & Contas da Sporting SAD, no que concerne às indemnizações devidas a Luís Duque e Carlos Freitas, vem a Sporting SAD esclarecer o seguinte:

- A informação publicada no Relatório & Contas sobre os valores das respectivas indemnizações, devidamente auditada pela PWC, teve por base os acordos de revogação por mútuo acordo assinados com data de 22 e 23 de Outubro de 2012;

- Desses acordos resultariam uma indemnização acordada a Luís Duque de 307.500 euros e a Carlos Freitas de 359.080 euros e uma consequente dívida actual de 205.000 euros e 209.461 euros respectivamente.

- Após a leitura das declarações de Luís Duque à comunicação social, percebeu esta Administração que ao invés do escrito nos acordos os mesmos cessaram na altura das eleições da nova Direcção, a 23 de Março de 2013, não havendo assim, lugar a mais qualquer pagamento pela Sporting SAD, a Luís Duque e Carlos Freitas.

- O nosso Departamento Jurídico já foi alertado desta situação pelo que ficará a aguardar de Luís Duque e Carlos Freitas o envio dos respectivos documentos a oficializar este facto.

- Após boa recepção dos referidos documentos, os mesmos serão disponibilizados à contabilidade e aos auditores para efectuarem a devida actualização.»