A fórmula foi definida após a visualização, com recurso às novas tecnologias, de grandes penalidades apontadas na última edição da Liga dos Campeões e na presente temporada da Premier League. «Cada movimento do jogador pode ser analisado. Muitos factores podem fazer o penalty perfeito, mas nós acreditamos ter encontrado os elementos-chave», disse Tim Cable, professor da Universidade de Liverpool.

Posto isto, preste atenção ao que é preciso fazer:

- a bola tem de entrar na baliza meio metro abaixo da barra e a meio metro de distância do poste;

- o remate tem de fazer a bola ultrapassar os 105 km/h;

- para atingir tal velocidade, são necessários cinco ou seis passos de balanço;

- para tal é preciso iniciar a corrida na linha de grande área, e com um ângulo de 20 ou 30 graus para a bola.

É caso para dizer: assim até parece fácil!