Os dirigentes estavam na esperança de conseguir um empréstimo, junto de uma entidade bancária, mas tal não foi alcançado. Nesta sexta-feira haverá nova reunião entre a estrutura directiva e o plantel.

«É uma situação que se vai agudizando cada vez mais. Aguentámos o mais possível, agora também temos as famílias em sofrimento», disse o capitão Alexandre, citado pela agência Lusa.

Em causa não está, contudo, a presença no jogo do próximo fim-de-semana, com o Freamunde.