Daniel Ramos, treinador do Santa Clara, em declarações aos jornalistas após a derrota com o Sp. Braga por 1-0:

“Houve uma intenção de entrarmos com um bloco médio agressivo e pressionante, a controlar bem a profundidade, porque o Sp. Braga é uma equipa que, para além do jogo interior, tem profundidade. Era a nossa estratégia para o jogo, passava por aí. Andámos mais baixos [primeiros 30 minutos] porque o Sp. Braga obrigou-nos a andar mais baixos.

O golo inicial foi com uma bola parada. Hoje a bola parada fez diferença. Numa segunda bola, o Sp. Braga fez o golo e sentiu-se mais confortável no jogo. Acho que a nossa reação é muito boa, a partir dos 30/35 minutos conseguimos ter mais bola.

Terminámos bem a primeira parte e depois começámos a segunda parte, muito com sequência desses 10 minutos [da primeira parte]. Acho que tivemos controlo, tivemos o domínio, faltou sermos mais expeditos, mais audazes no último terço, tentar outro tipo de finalização para chegarmos a golo. Porque a equipa produziu, produziu muito.

Não me lembro de ver o Sp. Braga a defender tanto por tanto tempo como defendeu hoje e isso é mérito do Santa Clara.»