Fernando Santos eleva a fasquia e diz que Portugal vai para a Taça das Confederações com o objetivo de conquistar o troféu.

«Os jogadores vão viajar para a Rússia com um objetivo em mente, que é ganhar a Taça das Confederações. É uma competição muito importante, porque junta todos os campeões continentais», disse o selecionador nacional em entrevista ao site oficial da FIFA.

No entanto, na mesma ocasião, o técnico disse que o mais importante para Portugal é mesmo garantir um lugar na fase final do próximo Campeonato do Mundo, que vai decorrer em 2018 na Rússia.

«O objetivo principal é estar na Rússia em 2018 e vamos consegui-lo com mais ou menos dificuldade. Estar na Rússia um ano antes vai ajudar a conhecer o ambiente, a temperatura e isso também será importante para a preparação para o Mundial.»

Questionado ainda sobre a vitória no Euro 2016, Fernando Santos falou no «espírito coletivo» que a seleção portuguesa teve em França e como todos os jogadores se sentiram importantes para a equipa.

«Mesmo jogando apenas 10 minutos, ou não jogando, todos sabiam que eram importantes para a equipa. Sentiam que tinham um lugar na equipa», disse, falando ainda da final em que teve de alterar o esquema após a saída de Cristiano Ronaldo por lesão.

«Tive subitamente que mudar a tática de 4-4-2 para um 4-3-3. Ao intervalo, tive oportunidade de explicar melhor aos jogadores o que queria deles. Acabou por resultar. Às vezes, os treinadores pensam na melhor estratégia, mas depois acaba por não resultar. Desta vez, resultou.»