«Sou lateral direito, mas também posso jogar à esquerda. Não interessa onde é mais fácil jogar. Interessa é estar disponível para ajudar», disse o jogador do Bétis. «Estou preparado para jogar em qualquer lado. O mister sabe disso», acrescentou.

Depois de algumas fases menos positivas, o jogador acredita que está de novo em alta, e por isso mereceu uma oportunidade: «Tenho de reconhecer que os últimos dois anos no Benfica não foram bons. Depois decidi, juntamente com o clube, que o melhor era dar outro rumo à carreira. Estou feliz no Bétis e esse é um motivo para estar aqui. As coisas estão a correr bem.»

O regresso à equipa das quinas acontece depois de três anos de ausência, pelo que Nélson assume estar «muito feliz» com a chamada, que representa «um motivo de alegria e orgulho».

No que diz respeito às contas do apuramento, o jogador assume que a equipa «podia estar melhor», mas garante que o grupo «vai fazer tudo para garantir o apuramento».