O central saiu depois de concluídos os exercícios físicos, mais exercícios ligeiros de posse e circulação de bola, esperando pelos companheiros no autocarro. Uma saída que terá tido apenas a ver com alguma poupança física na fase final da temporada.

Os restantes jogadores treinaram normalmente, incluindo Cristiano Ronaldo. O extremo do Real Madrid foi o último a chegar à concentração nacional, pelo que não participou na sessão de segunda-feira, acabando por ficar pelo hotel onde decorre o estágio.

Ronaldo marcou mesmo um golo na tal peladinha final, que acabou por render oito golos e um empate 4-4 entre duas equipas de oito jogadores cada. O golo do extremo do Real Madrid foi dos mais aplaudidos pelos cerca de 400 adeptos presentes no treino.

Liedson foi o melhor marcador do treino, Simão marcou o mais bonito

O golo de Ronaldo foi o mais aplaudido, mas não foi o mais bonito. Esse pertenceu a Simão. O extremo do At. Madrid atirou um pontapé em arco, bem colocado ao ângulo, que bateu Eduardo, que por acaso até efectuou uma mão-cheia de grandes defesas.

Liedson foi o mais certeiro, apontando dois golos. Varela e Raul Meireles marcaram os restantes dois golos da equipa amarela. Pela formação que equipava de vermelho marcaram os já citados Simão e Ronaldo, mais Pedro Mendes e João Moutinho.

Equipas do treino:

Amarelos: Eduardo; Miguel, Rolando, Paulo Ferreira, Raul Meireles, Nani, Liedson e Varela.

Vermelhos: Hilário; João Moutinho, Bruno Alves, Duda, Tiago, Ronaldo, Hugo Almeida e Simão.

Azul: Pedro Mendes, que jogava sempre pela equipa que tinha a bola.