Com o antigo a avançado do Boavista na equipa titular, o Partizan partiu para a conquista da sua nona vitória consecutiva com dois golos na segunda parte. Depois de um primeiro tempo sem golos, Ljajic, jovem de 17 anos, formado no Manchester United e cedido ao Partizan por empréstimo, saltou do banco e abriu o marcador com uma «bomba» aos 68 minutos. O segundo golo surgiu nove minutos depois, numa tabelinha entre Moreira e Diarra, melhor marcador da liga, com 17 golos.

Um jogo que permitiu ainda ao guarda-redes do Partizan, Bozovic, somar o nono jogo sem sofrer golos, num total de 864 minutos, batendo o recorde que era detido por Ivica Kralj, antigo guarda-redes do F.C. Porto que também já representou as cores do Partizan.

O Partizan pode comemorar a conquista do seu segundo título sérvio (21º contando com a antiga Jugoslávia) já no próximo domingo se vencer o vizinho OFK, também de Belgrado.