Rita Pereira

Nasceram na mesma cidade, Florianópolis, no Brasil e no mesmo ano, 1986, separados por apenas um mês e um dia.

Os pais são amigos e escolheram o mesmo futuro profissional: o futebol.

A posição em campo não é a mesma, mas podem jogar lado a lado. Já o fizeram uma vez e agora, após o empréstimo de Guilherme Siqueira do Granada ao Benfica, podem repetir a experiência.

Com apenas nove anos e ainda a jogar futsal, o defesa esquerdo chama a atenção do professor João Mesquita, que viu em Siqueira um jogador «diferente pela técnica e força física», afirmou o técnico ao Maisfutebol.

Com 15 anos, Siqueira inicia-se no futebol de onze do Figueirense Futebol Clube.

Após uma passagem fugaz pelo Inter de Milão, o defesa brasileiro vai jogar para o Avaí, onde encontra pela primeira vez Jardel. No clube conhecido por «Leão da Ilha», os dois jogadores conquistam o Campeonato Catarinense de Juvenis, em 2003.

No Avaí, Jardel e Siqueira jogaram juntos e partilhavam uma forma de ser «brincalhona e alegre», por isso, sempre tiveram «muito bom relacionamento, eram verdadeiros amigos», garante Mesquita.

Após transferências entre clubes e países, Siqueira e Jardel não voltaram a partilhar os relvados até o defesa esquerdo ser emprestado ao Benfica, vindo do Granada.

Na chegada a Portugal e em entrevista à Benfica TV, Siqueira assume a alegria por reencontrar Jardel,«um velho amigo».

João Mesquita vê a vinda de Guilherme Siqueira para o clube da Luz como uma excelente oportunidade para o brasileiro «jogar numa grande equipa e mostrar o seu trabalho ao mundo».

«O Guilherme é um atleta com muita força, que gosta de marcar golos, tem uma excelente condição física e um remate potente. Tem uma personalidade forte e um caráter vencedor e íntegro», afirma o treinador.

Siqueira, com 27 anos, chegou ao Benfica por empréstimo de uma época e com opção de compra vindo do Granada. O defesa esquerdo tem contrato com a equipa espanhola até junho de 2017 e uma cláusula de rescisão de 25 milhões de euros.

Veja fotos de Siqueira nos sub-20 do Avaí