Filipe Soares Franco, presidente do Sporting, em declarações no final da vitória em Guimarães, criticando Bruno Paixão e elogiando a formação do Sporting:

«Foi uma vitória de uma grande equipa que fez um grande jogo. Aliás, as duas equipas fizeram um belíssimo jogo de futebol. Hoje ficou claro, entendido e percebido por que é que o Sporting abandonou a Direcção da Liga de Clubes. Estou totalmente solidário com o Paulo Bento em todas as críticas que fez, tem uma razão total em tudo o que disse. Este árbitro justifica a razão por que abandonámos a Direcção da Liga. Se sonho com o título? Obviamente que sonho. Se continuamos a pontuar e se o F.C. Porto escorregar, podemos ser campeões. Mas os sportinguistas devem estar orgulhosos da equipa hoje. Porque fez um grande jogo e porque jogou com sete jogadores da formação. Não há muitas equipas a fazer um jogo destes nesta atitude da Liga, querendo disputar o primeiro lugar, com sete jogadores da formação. Esse é um grande orgulho deste Conselho de Administração. Conseguimos implementar uma política de formação. Está provado: trabalhámos, lutámos, tivemos espírito de equipa e uma solidariedade enorme. Se com equipa a jogar assim só haverá eleições em Junho? Já disse que só haverá eleições no dia em que o Sporting não puder ser campeão.»