O exame diagnóstico realizado esta quarta-feira confirmou uma ruptura do ligamento cruzado anterior que obrigará a uma intervenção cirúrgica, ainda sem data marcada, que afastará o jogador da competição, pelo menos, para os próximos seis meses.

O jovem internacional lesionou-se na sequência de um choque com um companheiro no decorrer do treino de segunda-feira, mas a gravidade da lesão só foi conhecida esta quarta-feira. Segundo revela a Agência Lusa, o joelho do avançado «ainda está inchado», o que não permite avançar desde já para uma intervenção cirúrgica.