Declarações do treinador do Sporting de Braga, Abel Ferreira, às entrevistas rápidas da SportTV, após o triunfo por 3-0 ante o Belenenses. Um resultado que coloca os minhotos na liderança da Liga, de forma isolada, com 16 pontos:

«Tínhamos de estar nos nossos limites para vencer. Trabalhámos muito para dar esta resposta. Dedicar àqueles que, por opção minha, não puderam estar aqui hoje. Dedicar-lhes a vitória, pelas mensagens de força e carinho.»

«Jogo difícil, tínhamos de ser organizados, inteligentes, definir momentos de pressão, de saída, de ataque. Não atacámos da mesma maneira do último jogo. Em função dos adversários, temos de escolher rotas de ataque diferentes. Fomos muito unidos, cada um soube o que tinha de fazer. Pusemos em prática a nossa forma de jogar.»

«Amanhã estaremos prontos para continuar o nosso trabalho. A cada jogo que passa, vemos o quão difícil é somar pontos. Continuar a ser consistentes no nosso trabalho, em tudo o que fazemos. E, independentemente dos elogios de amanhã, temos de continuar alerta, exigentes no que fazemos diariamente.»

«O Belenenses teve duas bolas nos postes, nós tivemos o Wilson isolado, o Dyego. Foi uma primeira parte repartida, com um adversário forte, já o tinha demonstrado contra o FC Porto. Estávamos alerta, mas fizemos uma semana de trabalho muito dura. Todos se comprometeram para estarmos capacitados. Fomos competentes na forma como atacámos e defendemos. Conseguimos criar oportunidades e não dar ao nosso adversário. Parece-me justa esta vitória.»

[Liderança isolada:] «É fruto do trabalho diário. Continuar a ser humildes, respeitar os nossos adversários, o futebol. E amanhã estarmos preparados. Sábado temos mais uma batalha. Sabemos que amanhã os jornais vão encher o nosso ego, mas temos de sonhar com olhos bem abertos. Cada vez mais alerta, mais exigentes. Porque sabemos que os elogios, muitas vezes, amolecem. Não queremos amolecer. Queremos continuar firmes e fortes. Só estando fortes no processo é que podemos estar preparados para desafiarmos os adversários.»