«Mentira!», exclama Godinho Lopes

Leia o comunicado na íntegra:

Importa esclarecer, face ao comunicado ontem divulgado por Godinho Lopes, que nos reunimos antes da tomada de posse, no dia 25 de Março de 2013, apenas cerca de 20 minutos. Nesse breve encontro, Godinho Lopes entregou-me três dossiers, com a seguinte informação:

- Dossier 1 ¿ Título ¿Recursos Humanos e Sistemas de Informação¿. Este dossier na parte de Recursos Humanos, continha: organogramas; manual de funções do Grupo Sporting; resumos sobre o Sporting Clube de Portugal, SPM, SAD, exceto informação sobre os atletas. Em Sistemas de Informação, estava: apresentação sobre alguns serviços existentes.

- Dossier 2 ¿ Título ¿Orçamentos, Controle Orçamental, Reestruturação Financeira¿, com a seguinte informação: orçamento de 2012/2013; controle orçamental de Julho de 2012 a Novembro de 2012; documento com ¿Sporting SAD, Reestruturação Financeira, Investidor com Controlo¿ e ¿Sporting SAD, Reestruturação Financeira Bancos ¿ Proposta de um PER¿.

- Dossier 3 ¿ Título ¿Política Desportiva, Comunicação, Comercial, Fundação Sporting, Património, Núcleos, GOAS, Contencioso¿, muito inspirado no documento entregue às candidaturas às eleições do Sporting Clube de Portugal, em 2013; documentos com intenções daquilo que consideravam que devia ser feito; listagem dos atletas das modalidades; breve descrição do projecto de Odivelas; um contrato com arquitectos para o Pavilhão João Rocha; listagem com percentagens de passes de jogadores e seus detentores; organograma funcional da Sporting SAD bem como do Futebol de Formação; modelo das Academias Sporting; SportingCOM; principais acções estratégicas e tácticas do departamento comercial; relatório das actividades da Fundação Sporting; organograma do pelouro do Património com previsão de investimentos; lista dos Núcleos Sportinguistas; protocolo com os GOAs; lista dos contenciosos; acções desenvolvidas no mandato.

Para além do referido, nada mais me foi entregue, nem transmitido, pelo que, rápida e facilmente se percebe, que, retirando o atrás exposto, as afirmações de Godinho Lopes não correspondem à verdade.

Em relação ao Relatório & Contas, o mesmo é auditado por uma entidade independente, não susceptível a tentativas de ¿manipulação¿, por parte de qualquer Direcção ou Administração. No presente caso, o R&C referente à época 2012/2013 da Sporting - SAD, foi auditado pela PricewaterhouseCoopers Portugal, garantindo assim, que os dados revelados representam a verdade sobre a Sporting SAD, as suas operações e nada mais.

A Sporting SAD e o Sporting Clube de Portugal, até à presente data, nunca adjectivaram qualquer acto de anteriores Direcções, e apenas tem vindo a fazer o que lhe compete. Neste caso específico, permitiu e tem permitido que os auditores possam desenvolver a sua actividade de forma independente, possibilitando que os sócios, adeptos do Sporting Clube de Portugal, os accionistas, tenham conhecimento, da informação, de forma verdadeira, transparente e rigorosa.

Importa salientar, que se vai iniciar uma auditoria de gestão, séria, e no final da mesma, faremos as devidas análises. Nada obsta que se pontualmente se verificarem casos concretos que consideremos actos de negligência ou de gestão danosa, não possamos agir no imediato momento.