Recorde-se que o lateral brasileiro foi expulso aos 73 minutos, quando o Sporting vencia por 1-0, por acumulação de cartões amarelos, depois de Lucílio Baptista ter assinalado grande penalidade.

A bola bateu no peito de Pedro Silva e não na mão, como entendeu o árbitro, situação que indignou o jogador, que acabou por confrontar Lucílio Baptista, empurrando-o com o peito.