O valor projetado para o futebol era de «44,7 milhões de euros, gastaram-se 26,4 milhões, ou seja, menos 40 por cento», apontam os leões. Ao nível da equipa A, a poupança registada foi de «36 por cento, enquanto na equipa B, a poupança ascende a 53 por cento. A poupança verificada ao nível do futebol profissional totaliza desta forma cerca de 14 milhões de euros.»

Na informação prestada pelo Sporting lê-se ainda: «No âmbito da reestruturação levada a cabo, foram solucionados 57 processos: 19 dos quais relacionados com renovações contratuais de jogadores e 13 com a contratação de novos jogadores (equipas A e B).»