A direcção clínica do Sporting explica que, «apesar de não existir urgência clínica», optou pelo tratamento cirúrgico, «ponderadas todas as circunstâncias e após ouvir o jogador e a direcção técnica».

Para sustentar a decisão, o departamento médico do Sporting recordou ainda a informação clínica disponibilizada há cerca de um ano, quando Vukcevic sofreu a primeira lesão no ombro. Na altura, a solução passou por um tratamento conservador, mas já se fazia referência a uma eventual cirurgia, caso se verificasse «novo acidente traumático com lesão significativa ou nova luxação».

Em relação a Grimi, o departamento médico dos «leões» informa que «mantém programa de recuperação pós-cirurgia dentro dos prazos previstos». Sobre a alegada detenção do argentino, na madrugada de quinta-feira, noticiada pelo jornal «A Bola», ainda não há qualquer reacção oficial da SAD leonina.