Depois de se ter despedido de Alvalade, na vitória de sábado sobre o Olhanense, Ricky Van Wolfswinkel dá nesta quinta-feira uma entrevista ao jornal do «Sporting». O avançado holandês diz que o clube fará sempre parte da sua vida.
«Levo o Sporting no coração», diz Wolfswinkel, que terá apenas mais um jogo, a visita ao Beira Mar para a última jornada da Liga, antes de se despedir em definitivo dos leões para rumar ao Norwich.
«Penso que vir para o Sporting foi a melhor opção. É difícil sair do campeonato holandês para o inglês, porque a forma de jogar é completamente diferente. Nesta duas épocas no Sporting cresci muito, tive uma grande evolução e estou preparado para o novo desafio da minha carreira», adiantou.
Depois de o Sporting ter falhado o objetivo de atingir um lugar na Liga Europa através da Liga, Ricky garante ainda que a equipa promete determinação em Aveiro, para honrar o clube. «É estranho jogarmos sem estarmos a lutar por nada, mas temos de jogar pelo orgulho que sentimos em defender o clube. Se fizermos um bom jogo, essa será a última imagem que vão ter de nós.»

Van Wolfswinkel acrescenta de resto que o que vai sentir mais saudades «são as pessoas», que «sempre foram muito carinhosas» com ele. «Se espero regressar ao Sporting um dia? Um futebolista nunca sabe o dia de amanhã, mas é sempre uma boa possibilidade porque o Sporting continuará a ser um clube grande e eu espero ter uma boa evolução».