Neto, jogador do Sporting, considera que a paragem da Liga será benéfica para Silas implementar as suas ideias, mas para já deixa elogios aos primeiros dias de trabalho do novo técnico, que soma duas vitórias em igual número de jogos.

«Entrou com o pé direito. Foi melhor para preparar aquilo que aí vem, podemos trabalhar sob duas vitórias. As primeiras impressões são boas. Tem um discurso diferente. Já foi jogador, percebe muito daquilo que se passa, dentro e fora de campo. Deixa-nos bastante à vontade, e no campo tenta dar-nos as melhores soluções para melhorarmos o nosso jogo. Agora com a pausa temos um bom mês para aprender tudo o mais rápido possível», afirmou o central.

Neto revelou que o plantel foi informado de que os treinos seriam mais longos, por estes dias, precisamente para que a equipa técnica tenha mais tempo para passar as suas ideias.

«Se existe altura indicada para a paragem, é esta. Podemos trabalhar sob duas vitórias», acrescentou o jogador leonino, realçando a componente psicológica.

«Até tive oportunidade de falar na flash do jogo com o Rio Ave, da Taça da Liga, e o normal seria ganhar, mas o momento fez com que fossemos completamente azarados nesse jogo,. Não acredito que voltasse a acontecer. Ganhar dá confiança, e queremos entrar numa série que prestigie o clube que representamos. O essencial é a união do grupo, tudo a remar para o mesmo lado, e isso sempre existiu. Agora, com estas vitórias, o rumo será risonho», projetou.

Também nesse sentido o central pediu alguma paciência aos adeptos, para que guardem uma eventual insatisfação para o apito final, apoiando a equipa até então, para «dar um pouco de estabilidade à equipa e ver se isso não tem a influência negativa que tem tido».