Pecks e Yamissi, centrais do Gil Vicente, foram os outros jogadores punidos com um jogo de suspensão.

Referência ainda para o processo disciplinar instaurado a Joel Pinho, diretor desportivo do Arouca, e dez dias de suspensão aplicados a Vítor Bruno, treinador adjunto do Sp. Braga.

O FC Porto foi condenado a pagar 1.435 euros por comportamento incorreto do público. Pelo mesmo motivo foram aplicadas multas a Rio Ave (1.435 euros), Boavista (2.010 euros) e Benfica (2.010 euros).

Belenenses e Sporting pagam por atraso no início ou reinício do jogo (306 euros cada), enquanto que Marítimo e Boavista pagam pelo comportamento incorreto dos apanha-bolas (306 e 153 euros, respetivamente).