O Sporting fez mais uma exibição angustiante mas conseguiu vencer o Ventspils (1-2), na Letónia, e está praticamente apurado para os dezasseis-avos da Liga Europa. Um grande golo de João Moutinho, a cinco minutos do fim, garantiu o triunfo.
Heerenveen triunfa em Berlim e sobe ao 2º lugar
A equipa de Paulo Bento entrou muito bem no encontro e podia ter resolvido a questão logo na primeira meia-hora. O Ventspils mostrou grandes debilidades defensivas, que ficaram bem visíveis logo aos sete minutos, quando Miguel Veloso inaugurou o marcador de canto directo (!).
O lance fez lembrar o «cantinho de Morais», que deu ao Sporting uma Taça das Taças, mas nem essa memória trouxe inspiração aos avançados leoninos. A equipa de Paulo Bento teve alguma infelicidade, é certo, já que Vukcevic atirou ao poste e Caicedo viu um defesa evitar um golo em cima da linha. Só que depois o Sporting pura e simplesmente adormeceu.
Só o pontapé de Moutinho acordou o «leão»
Já nos derradeiros quinze minutos do primeiro tempo a equipa portuguesa permitiu que o Ventspils subisse no terreno e revelou alguma «tremedeira» defensiva. No segundo tempo esta tendência acentuou-se ainda mais. O Sporting foi altamente passivo e permitiu que o Ventspils começasse a acreditar que podia discutir o resultado.
Um «carrinho» precipitado de Tonel originou uma grande penalidade que permitiu à equipa da casa chegar à igualdade, aos 64 minutos.
Valeu depois ao Sporting um momento de inspiração de João Moutinho, que desfez o empate a cinco minutos do fim, com um grande remate de fora da área. Salvou-se o resultado, bem melhor do que a exibição, como já vem sendo hábito.