Declarações do médio da seleção nacional sub-21, Daniel Bragança, em videoconferência de imprensa, após a vitória por 3-0 sobre a Suíça, em jogo da terceira jornada da fase de grupos do Europeu:

«Quanto mais rápida a recuperação de bola, melhor para a equipa que a recupera, porque a equipa adversária anda atrás dela e cansa-se mais. Sempre que conseguimos, recuperámo-la e mantivemo-la na nossa posse. Isso desgasta o adversário e nós estamos mais frescos e acaba por ser mais natural o que fazemos. Acho que em três jogos conseguimos fazê-lo, estamos felizes por isso e por e passar aos quartos-de-final.»

«Tento corresponder a todas as ideias do mister, neste caso na seleção, o mister aposta ali [ndr: na zona de seis] em mim, sinto-me confortável, porque passei a minha formação naquela posição. Com o passar dos anos, comecei a avançar mais, mas não perdi as rotinas e acho que consigo jogar ali. Feliz por as coisas terem saído bem, mas mais feliz pelo objetivo principal.»

«Com estes jogadores e esta qualidade, fica mais fácil, porque temos um lote de grande qualidade. Gostamos de ter a bola, sentimo-nos confortáveis e o nosso papel fica mais fácil.»

[Se era preferível o Europeu continuar, em vez de os «quartos» serem só em maio:] «Pode ter coisas boas e más, sentimo-nos num bom momento, confiantes, mas acho que vai ser igual para todos. Agora regressamos aos clubes e acho que voltaremos a corresponder bem.»

«A chave foram os jogadores da nossa equipa, a qualidade que demonstrámos em campo. Torna-se mais fácil chegar à vitória com a qualidade destes jogadores. Damos o nosso melhor e é esse o respeito que temos de dar aos adversários, respeitámos a Suíça como todos e vamos respeitar sempre.»