Rui Bento vai regressar a Alvalade, agora na pele de treinador do Beira Mar. O ex-seleccionador dos sub-16 e sub-18, volta a uma casa da qual se despediu como jogador e onde foi campeão nacional, com uma difícil tarefa: revitalizar uma formação ainda sem vitórias este ano, apesar de ter protagonizado uma campanha absolutamente tranquila até agora.

Registe-se e comente em tempo real no Maisfutebol!

Sem rodeios, o técnico não se esconde atrás de desculpas e explica por que razão aceitou pegar já na equipa em vez de assumir o comando num momento mais confortável: «Até pela forma tão rápida como tudo aconteceu, poderia entrar, como muitos fazem, apenas após este encontro, mas, no meu entender, isso não fazia qualquer sentido. Os jogos são para se jogar.»

Já no dia da apresentação, Rui Bento havia feito uma pequena antevisão da partida, de forma bastante pragmática: «É um jogo como outro qualquer, que vale tanto como os outros. É um jogo contra uma equipa do nosso campeonato e só estão três pontos em disputa. Em rigor, não é mais do que isso. Os jogadores gostam desse tipo de jogos, estão motivados para o disputar e vale o que vale, sabendo que vamos defrontar uma equipa difícil, apesar de ter passado por situações delicadas durante este ano.»

Em suma, o objectivo para a partida não poderia ser mais concreto: trazer os três pontos. «Cada jogo tem a uma história e toda a gente conhece o momento do Sporting. Temos de ser rigorosos e competentes. Precisamos de ser organizados a defender e procurar criar perigo quando tivermos a bola. São os princípios elementares do futebol e não é por termos este ou aquele adversário que serão alterados», afirma.

Outra certeza deixada pelo técnico dos auri-negros é que não irá mudar a base deixada por Leonardo Jardim. O que é bom é para manter. «A equipa apresentava-se competente nos jogos e não tivemos o tempo suficiente para fazer mudanças significativas», asseverou.

Djamal, castigado, é, para já, a única ausência dos aveirenses. André Marques já se treina sem limitações mas não deverá ser ainda convocado para este jogo, falhando assim o reencontro com a ex-equipa.Entretanto, o clube abordou três jogadores em final de contrato, Hugo, Rui Rego e Tatu, no sentido de os convidar a renovar.