Octávio Machado, diretor desportivo do Sporting, desvalorizou o reencontro com o Arouca, ditado pelo sorteio da Taça da Liga que se realizou esta manhã. As duas equipas integram o grupo A, juntamente com V. Setúbal e Varzim.

«O importante é que o Sporting ganhou esse jogo 3-0. Sorteios são sorteios. A Taça da Liga é um dos objetivos e compete-nos procurar resultados que nos permitam passar à fase final», afirmou o dirigente à RTP, no final do sorteio.

Sobre o reencontro com o Arouca, nenhum comentário em especial, numa altura em que corre um inquérito aos incidentes de Alvalade. «Há muito mais inquéritos a dirigentes. Para nós não é importante. Importante é que ganhámos esse jogo por 3-0, com uma exibição de grande qualidade contra um adversário que nos dificultou. Não estamos à espera de facilidades na Taça da Liga», sublinhou Octávio Machado.

O dirigente leonino sublinhou ainda que «não há jogos iguais» no futebol e que o que estará em causa será sempre «um jogo em futebol». «A nossa obrigação é prestigiar a Taça da Liga, prestigiar o futebol e o Sporting», salientou.

Sobre o diferendo, encerrou assim: «Não posso dizer nada. Está na fase de inquérito. Há muitos que foram feitos e não se falou tanto. As instâncias jurídicas do futebol nacional irão decidir e esclarecer a verdade.»