lista de convocados do FC Porto

Maxi Pereira e Miguel Layún, as opções naturais para o lugar, ficaram de fora e o venezuelano tem tudo para voltar a fazer um jogo pela equipa principal do FC Porto.

19 meses e uma semana depois de ter merecido a confiança de Luís Castro. 

Sim, a última presença de Victor Garcia na principal representação do FC Porto data de 13 de abril de 2014! Em Braga, para a jornada 27 de um campeonato de má memória para os dragões, Garcia foi o dono do lado direito da defesa, o FC Porto venceu por 1-3 e o Maisfutebol elogiou o venezuelano. 

O jornalista Bruno José Ferreira colocou Victor Garcia nos Destaques da partida e escreveu a seguinte apreciação:

«Victor Garcia: estreia sem falhas no principal escalão do futebol português. Depois de 38 jogos na equipa B dos azuis e brancos e uma primeira aparição na equipa principal em jogo da Taça de Portugal, o defesa direito venezuelano de 19 anos mereceu a confiança de Luís Castro. Dois cruzamentos a pedir outra finalização a Jackson Martinez e a Carlos Eduardo até poderia ter valido uma estreia mais auspiciosa, não fosse o desacerto dos companheiros».

A primeira oportunidade surgira ainda no atribulado de Paulo Fonseca. Victor Garcia foi titular para a Taça de Portugal, a 19 de outubro de 2013: 1-0, vitória magra do FC Porto sobre o Trofense.

As boas promessas não tiveram continuidade. Acabou a época, Luís Castro voltou à equipa B e levou Victor Garcia consigo. Julen Lopetegui nunca contou com o sul-americano, pois Danilo e Ricardo Pereira foram as duas opções para o lado direito da defesa azul e branca.

Victor Garcia fez 29 jogos (26 a titular) e 2300 minutos na II Liga em 2014/15. Este ano já tem 14 presenças (sempre a titular) e 1185 minutos.

Nos Açores vai ter uma oportunidade a sério ou é só mais uma visita rápida à equipa A?