Nuno Espírito Santo, treinador do Rio Ave, após a vitória em Vila do Conde, 2-0, com o Paços Ferreira, em jogo da terceira fase da Taça da Liga:

«Terminámos o ano com uma vitória em casa. Uma vitória sofrida, mas merecida pelo trabalho que fizemos. E é bom acabar o ano assim. Conseguimos três pontos importantes numa competição que valorizamos».

«Surpreendemos o Paços Ferreira com o modelo apresentado, com dois avançados, tivemos uma produção ofensiva bastante interessante, com uma pressão muito intensa no meio campo do Paços, com oportunidades claras, chegámos ao golo... Na segunda parte controlámos bastante bem o jogo, mas faltou-nos um pouco mais de critério na saída, mas mesmo assim chegámos ao segundo golo de uma maneira justa».

[Sobre o estigma de jogar em casa] «Reconhecemos esse problema e não é este jogo que vai dizer que está ultrapassado. Achamos que temos condições para ganhar em casa e fora porque temos uma boa equipa».