A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) apresentou uma denúncia na ASAE contra plataforma online Viagogo, por venda ilegal de bilhetes para a final da Taça entre Sporting e FC Porto, revelou o organismo.

«A empresa não tem qualquer parceria com a FPF, nem é reconhecida como entidade autorizada para a venda oficial de bilhetes das competições por si organizadas ou cuja venda de bilhetes lhe seja delegada», refere a Federação, em comunicado.

Na referida plataforma são apresentados bilhetes à venda, com valores entre os 132 e os 350 euros, muito acima do bilhete mais caro nos canais oficiais, de 40 euros, na FPF, no Sporting e no FC Porto.

A Federação explica que se trata «de uma plataforma que permite a compra e venda de venda de bilhetes, colocados à disposição por terceiros não autorizados, potenciando o enriquecimento ilícito do vendedor, podendo ou não a plataforma receber uma comissão pela oportunidade de negócio criada».

Na mesma nota, o organismo informa que apenas é possível adquirir bilhetes através da Federação e do FC Porto, que esgotaram, e do Sporting, que optou pela venda faseada.