Roger Federer abandonou a meio um torneio por lesão

«Tentei tudo o que era possível durante a noite de sábado e este domingo: tomei analgésicos, descansei muito, mas não estou bem. Não poderia competir com o Novak neste estado. Na minha idade [33 anos] e a este nível seria muito arriscado»

match-pointscontra o compatriota Stanislas Wawrinka




«Quero recuperar bem, viajar rapidamente para França e preparar-me para o pó de tijolo da final»

jogo de exibição contra Andy Murray

«Não queria ganhar assim. Estava preparado para uma grande batalha. Estou no circuito profissional há dez anos e o Roger sempre deu 100 por cento. Se não pôde jogar é porque estava mesmo limitado»





«Tenho de pedir desculpas a todos. Parece-me claro que puxei demasiado pelo Roger na quinta-feira»