Segundo o internacional português, existem algumas diferenças entre o futebol italiano e o inglês, mas não muito grandes: «Têm muitos treinadores estrangeiros, o que lhes permitiu crescer tacticamente. E as partidas da Champions, em Inglaterra, são algo diferentes. Aqui há muita pressão, enquanto lá jogam por puro prazer.»

A eliminação do Inter pode ser uma vantagem para a Juventus no campeonato? Tiago não acredita que os milaneses percam muito tempo de luto: «Estarão com a moral um pouco em baixo. Mourinho queria muito seguir em frente e chegar à final. Mas também eles deverão recuperar da eliminação.»

A estreia do médio na Juventus não foi feliz. A primeira temporada ficou aquém do esperado e Tiago foi alvo de muitas críticas. Esta época as coisas melhoraram e o português parece estar a afirmar-se na equipa: «O que mudou, sobretudo, foi a minha forma de pensar. O primeiro ano foi um verdadeiro desastre, a nível pessoal e futebolístico. Este ano coloquei-me à disposição do grupo e do mister, tentando fazer o meu melhor.»