Tonel, central da Selecção Nacional, em declarações no fim da vitória por 2-0 sobre a China, em jogo de preparação para o Mundial 2006, para o qual Tonel foi chamado já no dia do jogo, para substituir o lesionado Ricardo Carvalho:

«Fui apanhado de surpresa devido ao problema do Ricardo Carvalho. Desejo-lhe as melhoras, claro, mas foi com muita satisfação que fui chamado. Vim com o espírito de ajudar. O seleccionador sabe que sempre que precisar de mim, estou à disposição. Quero continuar a trabalhar bem no clube para ser uma opção para o Mundial.

Ligaram-me era meio-dia e um quarto, a dizer para me juntar à Selecção para almoçar. Cheguei aqui já passava das duas horas. Ontem por esta hora não fazia a mais pequena ideia que iria ser chamado, mas tenho de estar sempre pronto para tudo. Felizmente fui chamado e foi um orgulho estar aqui. Acredito que posso estar no Mundial.

Vi a nossa selecção muito forte na primeira parte, com várias oportunidades para marcar, podia ter chegado ao intervalo com uma vantagem maior, não foi muito feliz nesse aspecto. Na segunda parte o jogo foi mais dividido, mas acabámos por matar o jogo já no fim. O que me pareceu a reacção do público? Normal, faz parte do futebol.»