Maisfutebol

«O meu contrato foi feito para três meses, entrei há um e tenho mais mês e pouco para trabalhar», começou por referir o antigo treinador do Trofense. «Mas posso dizer que fui convidado a continuar», confessou.

Toni explica por que ainda não se decidiu: «Estou fora do meu país, há sempre uma adaptação, que está a correr bem, mas ainda tenho de ver. Não posso falar em termos futuros.»

Por isso, e apesar do «convite para ficar e preparar a próxima temporada», o técnico sublinha que está apenas concentrado nos jogos que faltam disputar. «Queremos manter a nossa posição na Liga, porque o título está longe e é difícil», referiu, para concluir que pode garantir, já esta quarta-feira, um lugar nas competições europeias: «Estamos na meia-final da Taça da Roménia e se ganharmos garantimos já a Europa.»