Reforço do Benfica para as próximas três temporadas, Jan Vertonghen assumiu ter-se informado sobre a realidade do clube da Luz antes de aceitar mudar-se para o futebol português e que falou inclusive com Axel Witsel, que jogou nos encarnados na época 2011/12.

«Estive no Tottenham com portugueses e tenho amigos portugueses. Falei também com o Axel, liguei-lhe e ele passou-me informação positiva acerca do clube, das pessoas e dos adeptos. Isso ajudou-me a tomar esta decisão e, pelo que vejo, ele não mentiu», disse Vertonghen numa cerimónia de apresentação vedada aos órgãos de comunicação social.

O defesa de 33 anos disse que chega ao Benfica com o objetivo de conquistar títulos e que a estabilidade que acredita que vai ter no clube encarnado também foi preponderante na decisão tomada. «Joguei seis anos no Ajax e oito no Tottenham. Gosto de estabilidade, de continuidade e o que o Benfica me ofereceu foi muito importante para a minha escolha. Senti confiança e agora quero retribuir essa confiança. (...) A ambição e o projeto foram muito importantes para eu assinar», apontou.

Recorde-se que Vertonghen chegou a defrontar o Benfica na Liga Europa de 2013/14, época em que as águias eram treinadas por Jorge Jesus, que regressa agora ao antigo clube. O defesa internacional belga foi questionado sobre esse duplo embate com o Tottenham, que sorriu à equipa portuguesa. «Lembro-me disso, mas não quero recordar, porque perdemos [risos]. Jogaram muito bem e mereceram seguir em frente», concluiu.

Jan Vertonghen vai usar a camisola número 5, que era do sérvio Ljubomir Fejsa.