O jovem de 22 anos já trabalha aliás sob as ordens de João de Deus: a notícia foi revelada por O Jogo e confirmada pelo  Maisfutebol .

Segundo foi possível saber, Zezinho chegou a acordo com a SAD para reduzir o salário e poder permanecer na equipa B. O contrato do jogador, recorde-se, vem dos tempos ainda de Godinho Lopes, que avançou com uma renovação até 2018 poucos dias antes de deixar a direção do clube.

No  AEL Limassol, Zezinho fez apenas quatro jogos (dois na liga cipriota e dois nas pré-eliminatórias da Liga dos Campeões), estando sem competir desde 2 de novembro de 2014.