A decisão foi anunciada esta quarta-feira, depois do mau resultado da véspera, com a Áustria.

A República da Irlanda está afastada do apuramento para o Mundial 2014, o que precipitou a decisão.

De acordo com a informação disponível, a separação entre o antigo treinador e a federação irlandesa foi «de mútuo acordo».

Na conferência de imprensa de anúncio da decisão, o treinador italiano agradeceu todo o apoio e recebeu elogios dos dirigentes pelo trabalho feito à frente da equipa nacional irlandesa.

O nome do novo selecionador deverá ser conhecido nas próximas semanas. A imprensa irlandesa avança já com três candidatos: Martin O Neill, David O¿Leary e Roy Keane.