Na época passada, Nadine, capitã da seleção alemã, foi uma das peças chave no triunfo das germânicas no Europeu, que se disputou na Suécia. Na final defendeu duas grandes penalidades que permitiram a Nadine não só vencer a competição pela quinta vez, mas também ser nomeada como a melhor jogadora no torneio.

A guarda-redes, que recentemente deixou a Alemanha para defender as cores do Brisbane Roar da Austrália, foi a escolhida pelos 18 jornalistas que participaram na votação, todos eles acompanhantes do futebol feminino e escolhidos pelo grupo de imprensa para o Desporto Europeu (ESM).

Dos 18 votos, dez foram para Nadine, que ficou à frente da compatriota Lene Goessling (6 votos), média do Wolfsburgo que venceu a Liga dos Campeões feminina na época passada. Em terceiro lugar com apenas dois votos, ficou a avançada sueca Lotta Schelin que joga pelo Lyon.