É um momento que exibe a incompetência do árbitro, espécie de síntese do que se tem passado esta temporada.

Por um lado é pena, claro. É pena que uma falha da equipa de arbitragem (será mesmo? fiquei com dúvidas sobre a opinião do auxiliar) ajude a decidir um troféu. Mas por outro lado recorda-nos que continua a haver muito por fazer na arbitragem portuguesa.

P.S. : Ao nível do árbitro só esteve mesmo Pedro Silva. Na «barrigada» que deu a Lucílio e na rábula com a medalha. Lamentável.