Para o lugar destes três jogadores entraram também três sul-americanos. Três argentinos, aliás: Tomás Costa, Mariano e Farias. De resto, é onze habitualmente utilizado, com Sapunaru na direita no lugar do lesionado Fucile e Helton de volta à baliza, depois de ter sido preterido no jogo da Taça com o E. Amadora.

No V. Guimarães há apenas uma alteração em relação à equipa que venceu o Benfica antes da paragem para o compromisso das selecções: sai o castigado Flávio Meireles e entra Custódio. Luís Filipe, Andrezinho e Sereno voltam a ser opção, após terem recuperado de lesão, mas não jogam: os dois últimos estão no banco, o primeiro de fora.

Equipas oficiais:

V. GUIMARÃES: Nilson; Lionn, Gregory, Moreno e Milhazes; Custódio e João Alves; Marquinho, Nuno Assis e Desmarets; Roberto.

Suplentes: Nuno Santos, Andrezinho, Sereno, Wênio, Fajardo, Carlitos e Santana.

F.C. PORTO: Helton; Sapunaru, Rolando, Bruno Alves e Cissokho; Fernando, Tomás Costa e Raul Meireles; Mariano, Farias e Hulk.

Suplentes: Nuno, Stepanov, Madrid, Lucho, Rabiola, Rodriguez e Tarik.