«Não é verdade que não nos reforçámos: fomos buscar o Douglas, que é muito melhor que o Mrdakovic, que foi dispensado pelo treinador; o Nuno Assis é muito melhor que o Ghilas. A maior mágoa foi o Alan não ter ficado aqui, porque não marcava muitos golos, mas era um jogador que assumia o jogo. Fomos buscar o Luís Filipe, que não veio colmatar nem de longe nem de perto a saída do Alan», lamentou o dirigente, citado pela Agência Lusa, referindo-se à preparação da presente época, por ocasião de um debate promovido pela associação «Vitória Sempre» e pela Rádio Santiago.

«Se não fossem as lesões de Nuno Assis, Sereno e Douglas, o Vitória poderia ter, no mínimo, mais seis ou sete pontos e estar agora a dois ou três pontos do Sp. Braga ou do Leixões, por exemplo», defendeu, ainda, Macedo da Silva, garantindo que na próxima temporada haverá «mais cuidado». «Estamos na prospecção e espero que quando a época começar tenhamos o plantel completo», esclareceu.

Entre outras referências, destaque, também, para a venda de Geromel ao Colónia e a consequente de Gregory. «Não tem o mesmo valor, mas o Geromel permitiu um encaixe de quatro milhões de euros», defendeu o presidente.