O lateral-esquerdo Arsène Menessou Gbougnon, que jogou nas últimas duas épocas no Beauvais (do National, equivalente à nossa II Divisão B), depois de ter sido formado no Le Havre, está referenciado pelo F.C. Porto com vista a uma possível contratação no imediato ou a curto prazo.
Este será, no momento, um dos pormenores a acertar mas, de acordo com aquilo que o Maisfutebol apurou, é praticamente certo que o futuro do jogador, de 21 anos, passará por Portugal. Há vários emblemas interessados, com o V. Setúbal à cabeça mas também a Naval, sempre atenta ao mercado francês, está perfeitamente documentada sobre o atleta.
E é aqui que pode entrar o F.C. Porto. Menessou seria recrutado mas teria como destino a cidade do Sado, num investimento de baixo custo e risco (o jogador está livre), por forma a aquilatar de mais perto as reais potencialidades deste lateral com um perfil (1, 77 m / 75 quilos) muito semelhante ao de Cissokho e, curiosamente, com possibilidade de repetir o percurso do compatriota. A saída deste para o Lyon pode, todavia, ter influência no negócio, aumentando-lhe as possibilidades de permanecer nas fileiras dos azuis e brancos.
Empresário vem a Portugal
Menessou tem nacionalidade francesa, mas nasceu em Abidjan, capital da Costa do Marfim, antes de vir para Paris. Esteve à experiência, há dois anos, no Millwall, Ipswich e Aston Villa, sem sucesso. Na última temporada, ajudou o Beauvais a ficar no décimo lugar (em 20 participantes), tendo sido bastante utilizado (31 jogos, 27 como titular), num total de 2523 minutos de utilização.
O jovem lateral-esquerdo, que também actua no flanco oposto, é representado pela mesma dupla de empresários (Ghouti Barkat et Landry Quimfumu, da Prosport Consulting), que colocou recentemente o avançado Coulibaly Yero no dragão, algo que poderá facilitar a operação. Um dos agentes, sabe o Maisfutebol, irá deslocar-se a Portugal na próxima semana para reunir-se com os potenciais interessados.