Espanha: Miguel lesiona-se, Valência reforça terceiro lugar

Estavam apenas decorridos 13 minutos de jogo quando, na sequência de um sprint para chegar a uma bola, Miguel levou a mão à perna direita com um esgar de dor. O internacional português ainda tentou prosseguir em campo, mas era impossível.

Chegou-se a temer o pior e o próprio jogador fez sinal para o banco a dar a entender que tinha rompido o músculo. No entanto, os primeiros exames revelaram que, afinal, pode tratar-se «apenas» e uma contractura. Os médicos vão agora esperar 48 horas para que a inflamação se reduza, para realizarem novos exames que vão determinar a real extensão da lesão.

Mais um azar para o Valência que, com Miguel, já soma onze lesões musculares na corrente temporada.