Jorge Mendes defende saída dos jogadores portugueses, mesmo ainda muito jovens.