Inicialmente foi considerado um autogolo de Koundé, mas depois a UEFA atribuiu o golo a Dani Olmo.