O Guangzhou Evergrande suspendeu o avançado Wei Shihao por um mês devido a uma entrada duríssima sobre um adversário num jogo… da seleção.

O incidente aconteceu num jogo da China Cup frente ao Uzbequistão, na segunda-feira, quando Wei Shihao, internacional chinês, fez uma entrada a Otabek Shukurov, que até só lhe valeu um cartão amarelo, mas acabou partir a tíbia ao adversário.

Entretanto o jogador, que em Portugal jogou no Boavista, Feirense e Leixões, visitou o hotel da equipa do Uzbequistão e pediu desculpas a Shukurov, afirmando não esperar que sua falta «pudesse causar uma lesão tão grave». Mas o Guangzhou Evergrande não considerou o gesto suficiente por achar que a entrada não reflete os valores defendidos pelo clube.

O Guangzhou Evergrande enviou então um comunicado a anunciar a suspensão por um mês, que afastará Wei Shihao de quatro jogos da Superliga chinesa e dois da Liga dos Campeões asiática.

Na nota, citada pela agência Xinhua, o clube disse ainda que o avançado de 23 anos «deve refletir profundamente sobre suas ações» e explicou que está a analisar a possibilidade de rescindir o contrato do atleta, que chegou ao clube no início do ano, após defender o Beijing Guoan.

Veja a entrada que causou o castigo: